quinta-feira, 7 de outubro de 2010

É o agora,

Mudei... é mudei. Por livre e espontânea pressão da vida. É que a vida exige essas mudanças. Comecei mudando o visual do blog, ta de bom tamanho já, o resto eu resolvo depois. haha bobeiras à parte. É que eu to enrolando um tempão pra fazer esse post, ai iniciei mudando tudo no blog, mudei meu foco, mudei meu jeito de pensar e mudei o rumo da prosa. 

É que eu tenho essa mania de ficar lamentando o passado, pensando como poderia estar se tivesse sido diferente. E então sem saberem dessa minha mania me disseram assim essa semana: "Ah pra mim o que importa é o agora, de que adianta lamentar o passado se não vai adiantar, se não vai voltar mesmo, bola frente. É o aqui, é o agora... isso sim tem valor." E me disseram mais: "Mulheres tem data de validade, não pode deixar passar os momentos certos de viver. Que depois você até consegue realizar coisas como, ter um filho fora da idade, encontrar o grande amor da adolescência, fazer a faculdade dos sonhos. Mas como todas as coisas fora da validade, as vezes não cai muito bem.

É verdade. Experimente viver o agora. Tudo fica muito mais fácil de viver, os problemas que surgem você encara com mais facilidade e se duvidar até de bom humor. Tudo terá cor, som e sabor. O presente ganha cor, muitas cores. Ouve-se um som de felicidade, a trilha sonora se transforma em boate, e você dança até não aguentar mais. Sente-se sabor agradável, tem gosto de bolo com calda de chocolate e granulado. Não significa que não existirão lembranças, e que não vá mais sentir saudade. Entretanto essa lembrança não arde nos olhos, essa saudade não te estrangula o coração, o desejo é de viver tudo outra vez.
O coração que batia quase parando, anda em ritmo diferente, acelera, parece querer correr, sair de dentro de você e explodir de alegria apenas com pequenos gestos. O corpo que se alimentava de saudade, de choro, que se sentia cansado, sem ânimo... agora se alimenta de alegrias, sorrisos e ganha adrenalina em vez de soro e há mais disposição para viver. A voz que quase calava, no momento tem vontade de cantar, de gritar pro mundo a felicidade. Porém há uma paz que silencia, que te acalma, que te embala nas canções de ninar pra você dormir e sonhar.
A partir de então, começa-se a enxergar o mundo com outros olhos. Olhos de quem entende, que os momentos precisam ser aproveitados na época certa, sem se precipitar e nem esperar demais. Sem fugir dele, com calma e sabedoria, você sentirá a hora exata do seu momento. O momento de uma paixão, de ir em busca do seu sonho e realizá-lo, de investir nos seus negócios, nos estudos. O momento as vezes que muda toda a linearidade da vida. Por isso quando o seu momento chegar, não perca tempo, porque ele voa, e quando você perceber o seu momento passou, a sua vida desandou e o tempo não parou. No entanto, escolha o que te faz bem e viva no tempo certo.
Entenda que algumas vezes perderá de imediato para ganhar posteriormente. E talvez, em outras ocasiões perderá pra sempre, mas entenda que existem perdas que nos fazem crescer. Não fique se lamentando pelo que passou e você não conquistou; se já passou, siga em busca da próxima etapa, da próxima conquista, não desista no primeiro tropeção. Não significa que se o seu momento passou que você nunca conquistará determinada coisa, porém será mais complicado e terás que ter mais força de vontade. Existem coisas que ferem, mas não matam. Como diz o ditado popular, o que não mata te fortalece. Apesar de ser meio clichê, não deixa de ser menos verdade.
Esquecer algo, alguém por vezes dói, largar um vício dói, terminar um relacionamento dói, crescer dói, a verdade é que mudar dói, mas constrói. Compreenda que a metamorfose da vida é necessária, assim como a lagarta precisa morrer para surgir uma nova vida e se transformar numa borboleta, e só assim, sofrendo toda essa metamorfose pôde ganhar sua liberdade, não mais rastejando e podendo então voar para onde quiser. Com a humanidade também é assim, passe-se por um processo de metamorfose, que nos faz crescer, nos tornamos maduros o suficiente e ganharmos nossa liberdade. E liberdade nenhuma tem preço, você poder ser livre pra fazer o que quiser, agir como quiser, ir para onde quiser, até pensar como quiser. Não tem preço construir sua vida, se formar, casar, ter filhos, ou até mesmo ser sozinho se desejado for. Viver não tem preço, ser feliz não tem preço, ser dono de si não há dinheiro no mundo que pague. Porém requer paciência e sabedoria. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário